segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Vou lembrar de você em cada música, em cada palavra, refrão, parágrafo, cor, espátula, pincel. Em cada dia, cada sonho, cada noite, cada madrugada, cada lembrança, cada lágrima. Não vou esquecer de você mesmo te odiando, tendo raiva, nojo, paixão, desamor, desprezo, amor. Em cada livro, cada banho de mar, cada frase, cada vez que eu respirar...vou lembrar. Minhas noites terão reticências na expectativa de você chegar.
"Minha vontade agora é sumir. Chamar você. Me esconder. Ir até a sua casa e te beijar e dizer que te amo e que você é importante demais na minha vida para eu te abandonar. Sacudir você e dizer que você é um otário porque está me perdendo dessa maneira. Minha vontade é esquecer você. Apagar você da minha vida. Lembrar de você a cada manhã. Pensar em você para dormir melhor. Imaginar nossa vida juntos, naquela casa bonita com cachorros e com os nossos filhos correndo pela sala"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.